Pequenos e médios produtores rurais agora têm uma nova oportunidade para conseguir crédito com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que por meio do BNDES Crédito Rural, lançou uma nova linha de custeio à categoria com juros de mercado.

A opção vista auxiliar o agricultor e complementar a oferta de valores já recebidos por outros programas, devido à situação de escassez de crédito do Pronaf Custeio e do Pronamp Custeio que acontecia muito antes do fim da safra. O  BNDES Crédito Rural Custeio terá orçamento inicial de $ 500 milhões no ciclo 2021/22 e deve ter início no fim de novembro deste ano.

A linha de custeio é voltada para cobrir despesas da produção agrícola, como aquisição de insumos, sementes, fertilizantes e defensivos.

O BNDES Crédito Rural já possuía dois subprogramas, o Investimento, para compra de bens de projetos agrícolas e o Finame, para financiamento de maquinários. Os programas já disponibilizaram R$4,6 bilhões desde suas inaugurações, sendo que R$900 milhões foram ofertados apenas na safra 2021/22.

Até o momento os principais repassadores destes recursos são as cooperativas de crédito, já que as instituições financeiras têm suas próprias linhas e mais recursos. A proposta do BNDES é alcançar pequenos bancos e pequenos agricultores.

Fonte: Portal Contábeis