Arquivos diários: 22 de outubro de 2021

Reajustes salariais ficam abaixo da inflação em setembro

O boletim Salariômetro, divulgado nesta sexta-feira (22) pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), apontou que dois terços dos reajustes salariais negociados em acordos e em convenções coletivas ficaram abaixo da inflação de setembro.

Governo lançará serviço para impulsionar exportações de pequenos negócios

O governo federal apresentou nesta quinta-feira (21) um novo serviço digital que permitirá que micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) brasileiras realizem um autodiagnóstico de maturidade exportadora e recebam, de forma automática, um plano de ações para internacionalização.

PEC dos Precatórios é aprovada e permite flexibilização no teto de gastos

A comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quinta-feira (21), por 23 votos a 11, o relatório que viabiliza o pagamento dos precatórios. Agora, a matéria será encaminhada para análise do plenário da Câmara, onde precisará de 308 votos em dois turnos para ser aprovada.

Secretários do Ministério da Economia pedem demissão após furo no teto do Orçamento

Nesta quinta-feira (21) o Ministério da Economia recebeu o pedido de demissão de quatro de seus secretários, logo após a confirmação de que o governo do atual presidente pretende realizar uma manobra para furar o teto de gastos para realizar um auxílio social temporário até 2022, época em que Jair Bolsonaro buscará a reeleição.

eSocial: segurado especial poderá prestar informações da produção rural e folhas de pagamento

A partir de segunda-feira (25), o eSocial irá disponibilizar, no módulo simplificado, uma ferramenta que permite ao segurado especial prestar as informações da comercialização da produção ou de remuneração de trabalhadores.

Inflação de 2021 já é quase o dobro da do primeiro ano de Guedes

Segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação de janeiro a setembro de 2021 já é de 6,90%, quase o dobro da registrada durante todo o ano de 2019, o primeiro de Paulo Guedes como ministro da Economia, que foi de 4,31%.